“Se é verdade que conhecer uma escola é saber o que nela se faz e o que se pode fazer, não é menos certo que a sua identidade se constrói através das práticas daqueles que nela “habitam” "

31
Mar 09

Orgãos de Soberania (links)

 

 

 

Art. 110º da CRP - São órgãos de soberania o Presidente da República, a Assembleia da República, o Governo e os Tribunais.

 

 

 

 

file icon O Governo no Sistema Políticohot!  

 

 

 

 

O que é o Governo? Qual a função dos órgãos de soberania? Quais as funções do Governo? Como se forma o Governo?...

 

 

  • Download

     

     

     

    file icon Educação para a Cidadania nas escolas da Europahot!

     

  • O desenvolvimento de um comportamento cívico responsável pode ser encorajado desde muito jovem. A educação para a cidadania, que compreende a aprendizagem dos direitos e dos deveres dos cidadãos,o respeito pelos valores democráticos e pelos direitos humanos, bem como a importância da solidariedade, da tolerância e a participação numa sociedade democrática, é um meio de preparar crianças e jovens para se tornarem cidadãos responsáveis e activos.
    file icon Declaração Universal dos Direitos do Homem
    Como ideal comum a atingir por todos os povos e todas as nações, a fim de que todos os indivíduos e todos os órgãos da sociedade, tendo-a constantemente no espírito, se esforcem, pelo ensino e pela educação, por desenvolver o respeito desses direitos e liberdades e por promover, por medidas progressivas de ordem nacional e internacional, o seu reconhecimento e a sua aplicação universais e efectivos tanto entre as populações dos próprios Estados membros como entre as dos territórios colocados sob a sua jurisdição.
    Homepage: http://www.unhchr.ch/udhr
    file icon Conquistas Democráticas da Mulher Portuguesahot!
    A situação da mulher portuguesa, condicionada pelos costumes e pelas leis, era idêntica à das mulheres da Europa e, tal comos as suas congéneres, procurou melhorar as suas condições de vida. Em pleno século XIX, segundo o Direito Português, herdado do Direito Romano, a situação da mulher na família era precária. Só o marido exerce o poder, tendo autoridade para maltratar a mulher, que lhe deve obediência. Só ao chefe de família, ou seja, ao homem, compete exercer autoridade sobre os filhos.
    file icon Como reclamarhot!

    Nas sociedades em que vivemos, os conflitos são inevitáveis. A qualquer momento, todos podemos ser confrontados com a necessidade de reivindicar o cumprimento dos nossos direitos. Para isso, é importante que estejamos bem informados e saibamos a quem e como devemos reclamar.

     

     

     

     

    file icon Cidadania e Segurançahot!

    Cidadania e Segurança

    Editor
    Ministério da Educação
    Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular
    Director-Geral
    Luís Capucha

    Autores
    Teresa Evaristo (Subdirectora Geral)
    Isabel Oliveira (Coord.)
    Elisa Vaz
    Fernanda Sales
    Isabel Carvalho
    Luísa Nunes
    Lourdes Parente

    Concepção Gráfica
    Isabel Espinheira

    file icon Bullying – A provocação/vitimação entre pares no contexto escolar portuguêshot!

    SUSANA FONSECA DE CARVALHOSA
    LUÍSA LIMA
    MARGARIDA GASPAR DE MATOS

    Com bastante frequência, somos alertados para situações de violência que ocorrem, nas escolas, entre os jovens. Este facto não é novo mas está a ser motivo de preocupação e interesse para os próprios alunos, pais, profissionais da educação e da saúde, e comunicação social. As agora conhecidas e divulgadas consequências e efeitos negativos destes comportamentos para o desenvolvimento e para a saúde mental dos jovens envolvidos e para todo o público em geral, talvez seja uma das possíveis causas da actualidade deste assunto.

     

    file icon As Conquistas Democráticas da Mulher Portuguesa
    Homepage: http://www.25abril.org/

     

    file icon A Protecção Civil em Casa
    A Protecção Civil é a actividade desenvolvida pelo Estado e pelos cidadãos com a finalidade de prevenir riscos colectivos inerentes a situações de acidente grave, catástrofe ou calamidade, de origem natural ou tecnológica, e de atenuar os seus efeitos e socorrer as pessoas em perigo, quando aquelas situações ocorram. Sendo certo que é em casa que os cidadãos e suas famílias passam grande parte do seu tempo, tornava-se necessário fazer uma abordagem dos principais riscos e, também, das principais medidas a tomar, quer para os prevenir, quer para lhes fazer frente. É importante, assim, que tome bem consciência de que a sua protecção e defesa começam em si e no seu comportamento.

     

    publicado por ana às 20:46
    tags:

    mais sobre mim
    pesquisar
     
    Março 2009
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7

    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14

    15
    16
    17
    18
    19
    20
    21

    22
    23
    24
    25
    26
    27
    28

    29
    30


    arquivos